Implarest® EPW

Primário/ponte de união bicomponente epóxi em base aquosa para preparação de suportes húmidos e secos.

GBC

Download da ficha técnica


Informação adicional

Composição

Produto à base de resina epóxi e um endurecedor de poliamina.

Caracteristicas e aplicações

  • Primário apto para suportes novos ou velhos, prévio à reparação de revestimentos cimentícios, elastoméricos ou epóxi.
  • Apto para suportes secos ou húmidos.
  • Em base aquosa.
  • Excelente aderência e consolidação do suporte.
  • Rápida aplicação e cura.
  • Grande capacidade de penetração.

 

Suportes

  • O suporte deverá estar são, limpo, isento de gorduras, óleos, pó e partes mal aderidas. Deve ser estruturalmente sólido; com uma resistência à compressão mínima de 25 N/mm² e uma resistência à tracção de 1.5 N/mm².
  • Obter uma superfície com uma porosidade aberta mediante granalhado ou escarificado com o intuito de assegurar uma boa penetração do produto.
  • Secar o suporte até que não apareça água superficial para evitar que o poro esteja saturado e prejudique a aderência.

Modo de emprego

MISTURA:

  • Verter o componente B sobre o componente A, assegurando a mistura de ambos na sua totalidade e evitando erros de dosificação.
  • Misturar ambos mecanicamente a baixas rotações durante 3 minutos (menos de 300 rpm.), até que se obtenha uma mistura totalmente homogénea. NÃO MISTURAR MANUALMENTE.
  • Evitar a oclusão de ar durante a mistura.

APLICAÇÃO:

  • Aplicar o produto sobre as superfícies com rolo ou trincha. Cobrir toda a superfície, o brilho do produto permitirá identificar as zonas aplicadas.
  • Em betão de alta porosidade recomenda-se aplicar duas demãos.Para a primeira demão pode diluir-se até um máximo de 10% em peso de água. Para a segunda demão não adicionar água ao produto.
  • O produto uma vez aplicado muda de cor de branco para transparente.

CURA: 

  • A velocidade de cura da mistura depende da temperatura dos dois componentes, do suporte e do ambiente.
  • As demãos seguintes ao primário devem aplicar-se dentro das 12 a 24h seguintes à aplicação de IMPLAREST EPW.
  • Se se deixar passar mais de 24h, deve-se lixar a superfície com uma lixa, limpar o pó e restos e aplicar-se de novo uma nova demão de IMPLAREST EPW.

Precauções e recomendações

  • Não realizar a mistura a temperaturas inferiores a +10ºC nem superiores a +20ºC.
  • Para melhorar a rugosidade e como tal a aderência das seguintes demãos, polvilhar sempre areia de quartzo seca de 0.3 mm a 0.5 mm até saturação com o primário ainda fresco.
  • A aplicação deve realizar-se quando a temperatura é constante ou está a decrescer e assim evitar a formação de bolhas no primário.
  • Produto de base epóxi que pode irritar a pele, pelo que se recomenda utilizar sempre com luvas, óculos de protecção e fato macaco.
  • Os utensílios e ferramentas devem limpar-se com diluente imediatamente após a sua utilização, para evitar o endurecimento do material que teria que ser eliminado por meios mecânicos.
  • Consultar o Departamento Técnico para qualquer aplicação não especificada nesta Ficha Técnica.
  • Para toda a informação relativa à segurança no manuseio, transporte, armazenagem e uso do produto, consultar rótulo e a versão actualizada da Folha de Dados de Segurança do produto.

Apresentação

Kit pré-doseado de dois componentes:
–  Componente A: 3 Kg.
–  Componente B: 1 Kg.

Armazenamento até 18 meses na sua embalagem original fechada, ao abrigo da intempérie e da humidade.

Dados técnicos

(Resultados estatísticos obtidos em condições padrão)

Aspecto da mistura  Líquido Branco
Densidade  Aprox. 1,07 g/cm³
Viscosidade de mistura  1000 cPs
Tempo de vida da mistura a 21ºC  Aprox. 60 min
Cura completa  7 dias
Aderência ao betão seco  Supera a sua coesão
Temperatura mínima de aplicação  10ºC
Rendimento em função do suporte  200-350 g/m²
Intervalo de tempo para revestir demãos sucessivas  12-24 horas

Nota

As instruções quanto à forma de utilização são realizadas de acordo com os nossos ensaios e conhecimentos e não pressupõem um compromisso do GRUPO PUMA nem isentam o consumidor do exame e verificação dos produtos para a sua correta utilização. As reclamações devem ser acompanhadas da embalagem original para permitir a rastreabilidade adequada.

O GRUPO PUMA não se responsabiliza, em caso algum, pela aplicação dos seus produtos ou soluções construtivas por parte da empresa aplicadora ou demais sujeitos intervenientes na aplicação e/ou execução da obra em questão, limitando-se a responsabilidade do GRUPO PUMA exclusivamente aos possíveis danos atribuíveis direta e exclusivamente aos produtos fornecidos, individuais ou integrados em sistemas, devido a falhas no fabrico dos mesmos.

Em qualquer caso, o redator do projeto de obra, a direção técnica ou o responsável da obra, ou subsidiariamente a empresa aplicadora ou outros sujeitos intervenientes na aplicação e/ou na execução da obra em questão, devem certificar-se da idoneidade dos produtos atendendo às características dos mesmos, bem como as condições, suporte e possíveis patologias da obra em questão.

Os valores dos produtos ou soluções construtivas do GRUPO PUMA que em cada caso sejam determinados pela norma UNE ou qualquer outra aplicável, referirem-se exclusivamente às condições expressamente estipuladas na dita normativa e que vêm referidos, entre outros, a determinadas características do suporte, condições de humidade e temperatura, etc. sem que sejam exigíveis ensaios obtidos em condições diferentes, tudo isto de acordo com o expressamente estabelecido na normativa de referência.