Morcemrest® Mur R CSII

Argamassa de renovação para o tratamento de humidades por capilaridade em rodapés/lambrins, facilitando a evaporação de água retida no muro.

998-1 R CSII COV GBC

Download da ficha técnica


Informação adicional

Composição

Produto à base de ligantes hidráulicos, agregados selecionados, aditivos porógenos e inibidores de eflorescências salinas.

Caracteristicas e aplicações

  • Saneamento de muros afetados por humidade de origem capilar.
  • Previne o aparecimento de sais graças à sua elevada porosidade.
  • Conservação do muro técnica e esteticamente durante anos em função da contribuição hídrico-salina do solo.
  • Reduz o aparecimento de condensações e mofo interiores.
  • Muito permeável ao vapor de água. Propriedades desumificadoras.
  • Aplicação direta sem necessidade de rebocar.
  • Aplicação sobre parede de tijolo, pedra natural, bloco de betão e outros materiais porosos.
  • Fácil aplicação e excelente aderência ao substracto.
  • Aplicação em interiores e exteriores. 
  • Aplicação na parte inferior do muro a sanear.

Suportes

  • Os suportes devem ser resistentes, estáveis, sãos e estar limpos, isentos de pó, restos de descofrantes, produtos orgânicos, microorganismos, etc. 
  • Em caso de calor, vento ou sobre suportes muito absorventes, convém humedecer o suporte e esperar que a película de água desapareça. 
  • Em pontos singulares (uniões entre materiais diferentes, forjados, pilares,...) armar a argamassa com rede de fibra de vidro para evitar fissuras. 

Modo de emprego

  • Juntar água e misturar manual ou mecanicamente até obter uma consistência homogénea e trabalhável.
  • Estender o produto amassado sobre o suporte com uma palustra com espessura de 20 mm, a espessura máxima será 40 mm em duas camadas, cada camada com uma espessura máxima de 20 mm.
  • Realizar o acabamento atalochado ou raspado quando tiver adquirido a consistência adequada, ou recobrir com materiais muito transpiráveis.
  • Compatível com acabamentos da gama MORCEM ESTUCO e MORCEMCRIL.

Precauções e recomendações

  • Não aplicar com temperaturas inferiores a 5ºC nem superiores a 30ºC. 
  • Não aplicar com risco de geadas, chuvas, ventos fortes ou sol directo, ou com o suporte quente.  - 
  • Não aplicar sobre gessos ou tintas.
  • Sobre suportes em mau estado e para espessuras grandes é necessário armar a argamassa com rede (consultar o serviço técnico).
  • Não revestir MORCEMREST MUR com materiais pouco transpiráveis (tintas plásticas, esmaltes, pedra, cerâmica...) 
  • Em aplicações interiores MORCEMREST MUR aumenta a humidade relativa do ambiente. Evitar a sua aplicação em lugares sem ventilação.
  • A altura de aplicação será até 50 cm por cima da mancha de humidade.

Apresentação

Sacos de 25 Kg de papel plastificado. Armazenamento até 1 ano na sua embalagem original fechada, ao abrigo da intempérie e da humidade.

Dados técnicos

(Resultados estatísticos obtidos em condições padrão)
 

Cor BRANCO
ocluído EN-1015-7 ≥ 30%
Retracção < 1 mm/m
Resistência à compressão EN-998-1 CSII
Resistência à tracção EN-1015-12 0,3 MPa
Capilaridade 24 horas EN-1015-18 ≥0.3kg/m²
Coeficiente de condutividade térmica (l) EN 1745 0,30 W/mk
Coeficiente de permeabilidade ao vapor de água EN-1015-19 <12
Rendimento 12 kg/m² por cm de espessura
Água de amassadura 20% ± 1

Marcação CE

GRUPO PUMA SL
C) Conrado del Campo Nº2 29590 Campanillas (Málaga)
10
Nº: 210313

EN-998-1
MORCEMREST MUR

Argamassa para reboco R CSII, para renovação de fachadas e 
proteção contra a chuva, com acabamento raspado.  

Reacção ao fogo A1
Absorção de água ≥ 0.3 kg/m2 após 24h
Corficiente de difusão de vapor de água μ ≤12
Adesão ≥ 0.3 N/mm2 Forma de ruptura A/B

 

Nota

As instruções quanto à forma de utilização são realizadas de acordo com os nossos ensaios e conhecimentos e não pressupõem um compromisso do GRUPO PUMA nem isentam o consumidor do exame e verificação dos produtos para a sua correta utilização. As reclamações devem ser acompanhadas da embalagem original para permitir a rastreabilidade adequada.

O GRUPO PUMA não se responsabiliza, em caso algum, pela aplicação dos seus produtos ou soluções construtivas por parte da empresa aplicadora ou demais sujeitos intervenientes na aplicação e/ou execução da obra em questão, limitando-se a responsabilidade do GRUPO PUMA exclusivamente aos possíveis danos atribuíveis direta e exclusivamente aos produtos fornecidos, individuais ou integrados em sistemas, devido a falhas no fabrico dos mesmos.

Em qualquer caso, o redator do projeto de obra, a direção técnica ou o responsável da obra, ou subsidiariamente a empresa aplicadora ou outros sujeitos intervenientes na aplicação e/ou na execução da obra em questão, devem certificar-se da idoneidade dos produtos atendendo às características dos mesmos, bem como as condições, suporte e possíveis patologias da obra em questão.

Os valores dos produtos ou soluções construtivas do GRUPO PUMA que em cada caso sejam determinados pela norma UNE ou qualquer outra aplicável, referirem-se exclusivamente às condições expressamente estipuladas na dita normativa e que vêm referidos, entre outros, a determinadas características do suporte, condições de humidade e temperatura, etc. sem que sejam exigíveis ensaios obtidos em condições diferentes, tudo isto de acordo com o expressamente estabelecido na normativa de referência.